Nossa vida com Isabela!

Na imagem: Isabela segurando um pandeiro e sorrindo.

Na imagem: Isabela segurando um pandeiro e sorrindo.

Eba, mais um post da séria “Nossa vida com…”! A fofura da vez é a Isabela! Sempre acompanho os posts da Sâmila pelo facebook, ela tem ótimas dicas de estimulação essencial, com o respaldo de mais de 17 anos trabalhando como educadora. A convidei para participar do NVCA e ela contou mais um pouco sobre a sua vida com a Isabela:

“Minha gravidez foi super planejada. Antes da Isabela nascer eu trabalhava como professora de rede particular na mesma escola por 17 anos. Havia planejado trabalhar apenas um período quando a Bela nascesse. Realizei todos os exames de pré natal inclusive a translucência e morfológico e tudo dizia que minha Bela estava bem. Ao nascer tudo continuou bem, e quando fomos para o quarto – nossos familiares estavam nos esperando – a pediatra logo veio com a suspeita da SD pois Isabela tinha os olhinhos puxados.

O que me entristeceu naquele momento não foi a notícia em si mas o silêncio que tomou conta do nascimento tão esperado: parecia que alguém tinha morrido. Eu apenas olhava para minha pequena tão indefesa e pedia à Deus para que deixasse eu cuidar dela. Como toda mãe que passa por isso tive medo, levei susto. A única pessoa naquele momento que me deu força foi minha mãe, ao seu lado me senti mais segura e forte. O pai da Isabela teve seus minutos de susto e saiu do quarto à procura da obstetra para saber o que havia acontecido. Mas quando retornou já estava menos assustado e disparou a pedir perdão à todos pois naquele momento se sentiu culpado pela SD. São momentos de ignorância que tomam conta da nossa vida e que, com o passar do tempo descobrimos que aquilo na verdade era o começo de uma nova vida, mais alegre e intensa do que se a Isabela nascesse sem a trissomia.

Deixei meu trabalho de 17 anos e escolhi ficar em casa para acompanhar Bela de perto. Mas logo em seguida fui chamada para um concurso que havia feito para supervisão escolar em meio período. Decidi trabalhar meio expediente e sofri muito ao sair de casa. Durante minha licença estudei noites e noites, e assim com o conhecimento que tinha e experiência da profissão comecei as estimulações em casa. Além disso, a Bela também faz estimulações com a fisio e fono pelo plano de saúde.

Minha filha me inspirou, comecei a fazer novas amizades e resolvi organizar palestras sobre o assunto. Convidei a Fernanda Honorato e Dudu do Cavaco para falarem sobre suas vidas, foi um momento inesquecível. Me animei e pouco depois convidei algumas mães para conversar sobre a criação de associação em nossa cidade para dar oportunidades e melhorar o desenvolvimento das pessoas com SD em Barbacena.

E assim surgiu a Olhar Down que tem por finalidade instituir e coordenar um amplo serviço de informação, inclusão social, integração, assistência e apoio às pessoas com síndrome de Down. Valorizar as potencialidades e estimular as habilidades, aptidões e competências, buscando uma melhor qualidade de vida nas escolas, na família, grupos de amigos, mercado de trabalho, enfim o reconhecimento na sociedade. Temos como objetivo promover palestras, congressos, seminários, eventos culturais, feiras, oficinas e correlatos. E ainda realizar festas e promover atividades para lazer, do tipo colônia de férias, teatros, passeios, cinema e espetáculos. Além disso, mantenho a fanpage A vida é “Bela” com dicas de estimulações que podem ser feitas em casa com base no método montessoriano e fases de desenvolvimento segundo Piagett.

Hoje falo com toda felicidade do mundo que Isabela é minha luz, minha vida meu porto seguro e a responsável de toda transformação que aconteceu em minha vida. Encontrei meu lugar e entendi o motivo de ter estudado e ter tido toda experiência em minha profissão que agora tem um sentido real e concreto. Me sinto verdadeiramente uma mãe forte mas sei que forte mesmo é a Isabela, que me fez entender o verdadeiro significado da vida. Ela me fez enxergar o mundo de maneira mais bela um mundo que eu não conhecia, me fez parar para observar as pequenas coisas e aquilo que somente o coração pode enxergar, o amor incondicional.”

Ufa! Que reviravolta que a fofa da Isabela proporcionou na vida da sua mãe, né? 🙂 Separamos algumas fotos da pequena brincando e em atividades de estimulação, mostrando que a vida é mesmo “Bela”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

6 comentários sobre “Nossa vida com Isabela!

  1. Maria aparecida cintra disse:

    Linda historia foi igual aminha ….quando a padi deu a noticia não pensei no meu bb fui egoista e só pensava no que as pessoas iria falar…. Acho que é o choque que levamos…. Na hora tem que ter uma pessoa já pra nos orientar de como cuidar de um bb especial sofri mt pois não sabia nem alimenta-lo foi dificiu…. Mas hoje estamos ótimo e mt mt feliz.

  2. Teresinha Coutinho de Sampaio disse:

    Olá Carol
    Adorei a estória da Isabela!
    Ficaria muito feliz se a Samila pudesse me orientar em estimulação em casa e alguns brinquedos que vi na foto que gostaria de adquirir para minha netinha Betina de 1ano e 3 meses.
    Desde já agradeço e aguardo sua resposta.
    Teresinha Sampaio

  3. Tânia disse:

    Olá meninas, estou acompanhando as histórias de todas vcs e isso me da muita força…
    Estou grávida de 32 semanas e descobri com 15 semanas por um exame invasivo que minha filhinha nascerá com a trissomia.
    Daqui algumas semanas ela já estará comigo…
    Não vejo a hora!
    Estou lendo reportagens e tudo que for bom para ela eu e o papai iremos fazer …

    Bjs

  4. Mãe de Dois disse:

    Puxa, que história legal! Gostei muito porque sei muito bem que, quando a gente recebe essa notícia, a vida dá uma reviravolta que a gente insiste em aceitar, e tudo o que se pede, num primeiro instante, é a sua vida antiga de volta. A mãe da Bela soube acompanhar a reviravolta da vida e caminhar com propriedade a nova rota proposta pelo destino. Parabéns!

  5. marisa.taliberti@yahoo.com.br disse:

    Tenho um sobrinho com doou tem dezesseis anos amo muito ele sua mãe não o aceita quero ajuda lo pois fica comigo por horas mas não sei como pois ele não foi em fone devido sua mãe não se importar com ele ele não fala direito gostaria dê aJudá lo me ajude por favor obbrigada

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s