Nossa vida com óculos!

IMG_5074

Semana passada a Alice começou a usar óculos para hipermetropia. Seu estrabismo continua evidente e estes óculos foram uma indicação de sua oftalmo para somar no tratamento já feito com oclusor visual (conhecido como tampão), pois há uma possibilidade de que sua hipermetropia esteja contribuindo para seu estrabismo.

Eu geralmente levo essas novidades com leveza, mas confesso que dessa vez fiquei apreensiva. Meu maior medo era a recusa da Alice (a pessoinha tem personalidade forte, socorro) em usar os óculos e o processo ser cansativo para ambas as partes. Assim que os óculos voltaram da ótica, já com as lentes, tentei colocá-los na bebê Pig. Mas era tarde, ela estava cansada e irritada e meu medo virou realidade: os óculos voaram para o outro lado da sala (aliás, meu investimento em uma armação resistente provou-se acertado logo de cara).

No outro dia tentamos novamente e, para a nossa surpresa, ela ficou um pouco com ele! E desde então ela tem ficado cada dia um pouco mais e mais habituada, em alguns momentos até esquece que está usando e passa horas com ele. Não sei se foi coincidência, mas notei até que seu movimento de pinça – um marco do desenvolvimento motor infantil – ficou mais frequente.

E Falando em tratamentos visuais, agora Alice será oficialmente bebê pirata: passará o dia todo com ele. Estamos dando uma intensificada no tratamento antes de optarmos definitivamente pela cirurgia (mas tudo indica que teremos que fazê-la). Além disso, semana que vem iremos visitar um optometrista aqui em Floripa. Depois eu conto como foi!

Tampão, óculos, cirurgia… tudo isso é cansativo? É. Mas procuro ter pensamento positivo e focar na alegria que é poder cuidar da Alice e ter acesso a estes tratamentos. Aliás, se eu não enxergasse dessa forma, eu é que estaria precisando de óculos. 🙂

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

12 comentários sobre “Nossa vida com óculos!

  1. Li Oliveira Brasil disse:

    Oiie.. acompanho a muiito tempo seu face e seu blog. Acho incrível, lindo e muito interessante a forma como você lida com tudo isso. Meus filhos não tem SD, mas tenho um primo com necessidades especiais e também é lindo de se ver tudo o que é feito por ele! Até copiei algumas coisas daqui para minha prima. Enfim, só passei para dizer, como ela está grande heim rsrsrs. Meu filho mais novo tem 1ano e 7 meses, essa fase tao gostosa passa voando!!!
    Beijocas pra vcs!

  2. Betina disse:

    Oi Carol!
    Não sei se lembras de mim, eu fui aluna da tua mãe e acompanho sempre o blog, e há mais ou menos um ano atrás a gente se encontrou no consultório da Dra. Teresa.
    Eu usei tampão durante grande parte da minha infância e ajudou muito. E assim como a Alice, eu também tinha hipermetropia. Comecei a usar óculos quando eu não tinha nem 2 anos ainda, então minha mãe passou pela mesma coisa, de ter que “fazer” eu me acostumar a ficar com os óculos. E é bem isso mesmo! Aos pouquinhos a criança percebe que usar é bom pra ela, e vai ficando cada vez mais confortável.
    A Alice já é tão fofa, com óculos ficou mais fofa ainda! Tá linda ela : D

  3. Ana Beduschi Nahas disse:

    Oi Carol, meu filho Marcelo que também tem SD (32 anos) usa óculos deste sempre, também tinha estrabismo, hipermetropia, usou tampão, fez exercícios com a optometrista e não foi preciso cirurgia. Começou a usar óculos com 2 anos, já imaginou quantos óculos quebrou, jogou fora, perdeu, deu para o amiguinho? Teve época que quando mudava o grau já mandava fazer dois ou três óculos de uma vez. Marcelo ainda usa óculos, já tentamos lentes de contato, mas não gostou (dá muito trabalho!). Quando ele tinha 7 anos fomos fazer passaporte e não teve jeito dele tirar foto sem os óculos, mandei ele falar com o delegado da PF e ele disse: como vou tirar foto sem óculos se eu não enxergo nada sem eles? Convenceu, fez o passaporte com foto de óculos, e foi um dos poucos brasileiros a ter um passaporte especial! Então o primeiro susto passa rápido, quando a Alice perceber que o mundo fica mais bonito e fácil de entender com óculos, nunca mais vai tirá-los.

  4. Mãe de Dois disse:

    Carol, vc está certíssima. Tanto na honestidade de admitir o quanto isso tudo é desgastante, quanto no reconhecimento do seu privilégio de ter uma bebê tão adorável, e de ter acesso aos tratamentos que podem trazer cada dia mais qualidade de vida para vocês três, por mais que em muitos momentos seja evidentemente trabalhoso. Seria anormal demais se você não sentisse algumas vezes o peso do cansaço, das incertezas e da grande responsabilidade. Mas o principal você tem de sobra: luz, alegria, garra e muuuuuuito talento pra ser uma mãe nota mil, a melhor que a Alice poderia ter! Meus parabéns, continue firme e tire muitas fotos da Alice fofa de óculos, antes q ela cresça rápido e vc sinta muitas saudades dessa fase! Um beijão.

  5. Andrea disse:

    Muito linda a Alice.. e de óculos então.. dá vontade de apertar de tanta fofura. Que Deus abençoe e a proteja sempre!! Força e fé pois vocês têm um anjo ao lado!!
    Bjos

  6. Elaine disse:

    Oi Carol, estou grávida de 05 meses e ontem recebi o resultado de minha amniocentese informando que meu anjinho Nicolas tem SD. Como moramos na mesma cidade, gostaria do seu contato para poder conhecer alguns pais de crianças especiais como as nossas (meu e-mail é elaineviana.adm@gmail.com).
    Abraços e parabéns pela Alice, ela é linda!!

  7. Kátia disse:

    A Alice ficou um charme de óculos, muito lindinha mesmo. Quando vejo Alice, imagino como a minha bolotinha vai estar com a idade dela… hoje minha pequena tem um ano e três meses e já está quase andando, faltando apenas um pouquinho mais de coragem. Beijos para vocês!!!!!

  8. Kátia disse:

    Carol, queria tirar uma dúvida com você. Alice fez algum tratamento específico no que dizia respeito a hipotonia bucal? Com quanto tempo ela começou a fechar mais a boquinha e manter a língua “dentro da caixinha” como costumo falar com a minha Maria Luiza? Obrigada

  9. gabrielelomba disse:

    Oi, Carol. Meu filho, Bernardo, tem 1 ano e 1 mês e também está um pouco estrábico, mas a hipermetropia não se alterou no último exame. Estamos usando tampão uma hora por dia, cada dia em um olho. É uma luta, pois ele odeia…
    Tenho esperança de que vai corrigir, ainda mais porque ele ainda está rastejando, quase engatinhando. Mas se não corrigir, vamos partir para óculos, cirurgia, o que for necessário.
    E concentra na alegria!
    Beijos,
    Gabriele, mãe do Bernardo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s