Caranguejo peixe é

As professoras do Antônio estavam trabalhando ritmos, musicas, sons, com os aluninhos, e bolaram uma atividade onde os pais e as crianças deveriam participar na criação de uma caixa musical.

Na imagem #paracegover: Caixa forrada de papel craft, decorada com notas musicais pretas. Na tampa está escrito "Caixa Musical".

Na imagem #paracegover: Caixa forrada de papel craft, decorada com notas musicais pretas. Na tampa está escrito “Caixa Musical”.

Deveríamos escolher uma música e criar alguma brincadeira, algum objeto, que a criança pudesse interagir durante a canção. Para exemplificar a tarefa, elas já mandaram na caixa uma aranha que a criança poderia colocar no dedinho enquanto cantava a música da dona aranha e um pintinho feito de pompom para a música do pintinho amarelinho.
Na imagem #paracegover: Caixa musical aberta, com um pintinho amarelinho, um balão vermelho com um gatinho desenhado, uma aranha de eva brilhante e o chapéu de caranguejo que eu fiz pro Toni.

Na imagem #paracegover: Caixa musical aberta, com um pintinho amarelinho, um balão vermelho com um gatinho desenhado, uma aranha de eva brilhante e o chapéu de caranguejo que eu fiz pro Toni.

Eu não tive dúvida em qual música escolher para o Antônio, o pequeno é fã da cantiga do caranguejo. Fiquei pensando o que a gente poderia brincar… imaginei de repente um caranguejo que virasse um peixe, mas a ideia não foi muito adiante. Procurei na internet por caranguejo e ensino infantil e achei essa sugestão de chapéu. Achei muito divertido, o Antônio e a Alice iam curtir com certeza.
Na imagem #paracegover: Coisinhas que fui encontrando pela casa para montar o "chapéu": Bolinhas de isopor, canetinhas, esse arame peluciado, acho que chama-se limpa cachimbo.

Na imagem #paracegover: Coisinhas que fui encontrando pela casa para montar o “chapéu”: Bolinhas de isopor, canetinhas, esse arame peluciado, acho que chama-se limpa cachimbo.

Eu- que adoro um reaproveitamento – fui me virando com restos de materiais que tinha em casa mesmo: um eva vermelho, um limpa cachimbo colorido, velcro e canetinha. Fiz uma faixa de velcro bem grande, pois depois a caixa ia passear pela casa dos coleguinhas, então o chapeuzinho deveria caber em diferentes tamanhos de cabeça. Se eu não tivesse encontrado eva teria feito com cartolina vermelha, ou pintado um papel de vermelho… mas acho que o Eva é a opção mais confortável e duradoura.
Na imagem #paracegover: Chapéu de caranguejo pronto.

Na imagem #paracegover: Chapéu de caranguejo pronto.

Na imagem #paracegover: montagem com quatro fotos do Antônio tirando o chapéu, com carinha de "não sou obrigado", rs. Durou 5 segundos na cabeça dele. :)

Na imagem #paracegover: montagem com quatro fotos do Antônio tirando o chapéu, com carinha de “não sou obrigado”, rs. Durou 5 segundos na cabeça dele. 🙂

Para nosso azar o Antônio não estava se sentindo bem no dia, então nem curtiu a brincadeira. Já a Alice adorou, riu a beça, e logo foi pro espelho se admirar. Então fica a ideia de uma atividade divertida, baratinha e rápida de ser feita, para brincar com as crianças. Para atrelar à um movimento, de repente brincar de imitar as garras do caranguejo, ou andar para os lados.
Na imagem #paracegover: Folha com a letra da música dividida com ilustrações correspondentes. Na palavra palma aparece o desenho de uma palma, na palavra pé aparece um pé e assim por diante.

Na imagem #paracegover: Folha com a letra da música dividida com ilustrações correspondentes. Na palavra palma aparece o desenho de uma palma, na palavra pé aparece um pé e assim por diante.

Na imagem #paracegover: Alice com o chapéu de caranguejo, na frente do espelho, com cara de curiosidade, se admirando.

Na imagem #paracegover: Alice com o chapéu de caranguejo, na frente do espelho, com cara de curiosidade, se admirando.

A música com as palavras e desenhos correspondentes, tem para baixar aqui. 🙂

🦀 E fiz uma espécie de passo a passo no vídeo abaixo 🦀

Anúncios

Mudando a Narrativa

No início do ano tive a alegria em colaborar em dois projetos muito muito legais: o Mudando a Narrativa e o MultiGestos, idealizados por pessoas muito especiais. Aproveito o momento para agradecer o convite e a confiança. 😀

O Mudando a Narrativa foca na contação de histórias com recursos de acolhimento e acessibilidade, produção de elementos multisensoriais para experimentação e apreensão de conceitos estruturantes do conto/história e na criação de materiais de apoio para compreensão da história e da estrutura do texto narrativo, ilustração e sistema de escrita alfabética, em braile e em libras.

Marca criada para o projeto Mudando a Narrativa, um livro virando a página, revelando uma nova página colorida, com diversos elementos lúdicos.

Marca criada para o projeto Mudando a Narrativa, um livro virando a página, revelando uma nova página colorida, com diversos elementos lúdicos.

Desenvolvi uma série de materiais focando na acessibilidade de ENTRADA de informação para o projeto. Mas lá pelas tantas eu pensei, puxa vida, podemos também trabalhar na acessibilidade de SAÍDA de informação! Logo lembrei das crianças com sd ou apraxia, e em como ajudá-las a contar as histórias. Foi quando eu tive o estalo: e se eu unisse os dois projetos? Utilizar as ilustrações que desenvolvi para o Mudando a Narrativa e combinar com as pistas do método MultiGestos? Sugeri para as autoras de ambos os projetos, e elas permitiram! Viva!

Então aos poucos irei produzir vídeos com esse enfoque, como este abaixo, da bruxa! No canal do Nossa Vida com Alice já coloquei outros, corre lá para espiar. 🎬

https://www.youtube.com/c/nossavidacomalice

#paracegover: Video da minha boca, com batom colorido, falando a palavra Bruxa. Em seguida surge, de maneira animada, a palavra Bruxa, escrita em preto sob fundo branco. Depois surge a ilustração de uma bruxa. Em seguida, novamente aparece um video da minha boca falando a palavra, dessa vez com o auxílio das pistas do método MultiGestos. Para finalizar, uma tela parabenizando a criança, com a ilustração da bruxa novamente.

Vlog dos manos <3

No domingo passado eu estava muito cansada, e preferi ficar arrumando a casa enquanto o Thomas passeava com as crianças nos avós. (Sim, faxinar a casa cansa BEM menos que cuidar desses dois pequenos, hehe). 🎬 E olha que video maneiro que ele fez do passeio com as crianças!? Com a edição certa e com uma trilha sonora da hora fica até parecendo ser moleza correr atrás desses dois o dia todo, rs. Mas na vida real, sem edição e sem música fofa, o bicho pega! O filme é do papai Thomas e a trilha sonora (composta especialmente para esse video 😯) é do dindo Robson.🎼 Amei! Será uma recordação e tanto para o futuro. Destaque especial para a sapequice do Toni e para o carinho da Alice. Meus fofos. 💛 Obrigada por acompanharem nossa história.

👉 Inscrevam-se no YouTube da Alice para acompanhar mais vídeos assim 🙂 https://www.youtube.com/c/nossavidacomalice ⭐️

#paracegover: Alice e Antônio correm e brincam pelo quintal da vovó. O dia está nublado. Alice beija e abraça o Antônio. A vovó pega os dois no colo e dá um abraço apertado. No início e no final do filme aparece bem grande a palavra “Manos”.