Tuliparty

_DSC5929

Eba, eu falho mas não tardo! 🙂 Para quem ficou curioso em ver como foi a festinha da tulipig, separei algumas fotos para mostrar. Fiz aqui em casa mesmo, no estilo coxinha, pastelzinho, brigadeiro e família unida e feliz cantando parabéns! Gosto de fazer decoração em casa, usando materiais reciclados e recicláveis, e dessa vez quis fazer estes leques coloridos para a parede, pintei vidros que fui coletando (conserva, vinho, cerveja…) e fiz tulipas de tecido. O que acharam? (O bolo é da Adri cakes, os docinhos maravilhosos da Amorà e as fotos abaixo foram tiradas por mim e pela querida Jaquie Nanon).

Este slideshow necessita de JavaScript.

E para quem não viu ainda, o video do nosso primeiro ano com a Alice.
Muita terapia, médicos, aprendizados, mas também muitas alegrias e pernas pro ar 🙂

E eis que Alice faz um ano… Será que posso continuar chamando ela de “bebê” Pig?

(Se tiverem uma sugestão melhor, escrevam nos comentários!)

Anúncios

Bebê Pig News

Nas duas últimas semanas a Alice fez tanta coisa legal! Bebês dão um salto no desenvolvimento de vez em quando, né? Eu ia comentar essas notícias no facebook do NVCA, mas achei que era tanta novidade boa que merecia um post próprio. Demorei também porque eu sempre sou cautelosa antes de falar as coisas que ela fez. Tenho medo de ser meu olhar de mãe coruja, hehe, por isso sempre espero ela fazer várias vezes antes de contar.

1 – Hora de dar Tchau
Depois de meses e meses ensinando e repetindo, bebê pig finalmente deu tchau! Há muito tempo ela ensaia este tchau, mas nunca saía 100%. Mas sexta passada ela deu bem bonitinho, e três vezes no mesmo dia. Eu também tive a impressão, mas não tenho certeza, que ela falou “dá” (pedindo o prato de comida, hehe), falou “tá” dando tchau, e fez sinal de “vem aqui” com a mão pra mim um dia.

2 – Engatinhando
Finalmente Alice engatinhou! Ela já engatinhou algumas vezes, mas ainda não está engatinhando. É todo um processo. Acho que ela ficou tão boa no enrastinhar (um arrastar/engatinhar bem rápido, parece uma rã #bebêfrog) que noto que ela se irrita um pouco pois ainda é um pouco lenta engatinhando. Mas ela chega lá! 🙂

3 – Para o alto e avante
Eis que eu olho para a babá eletrônica e Alice está de pé no colchãozinho. Levei um susto e olhei com mais calma e ela estava em pé encostada na parede. Provavelmente fez a posição de urso (as fisioterapeutas chamam assim, no yoga chamam de “cachorro olhando pra baixo”), encostou o bumbum na parede e levantou. Ela faz isso usando o sofá da sala também. Ela está uma figurinha, se escalando onde pode para ficar de pé (menos nas barras que eu comprei e instalei no quarto, naturalmente…)

4 – Bebê Siri
E já que ela tem adorado levantar-se para ficar de pé no sofá, comecei a estimulá-la a se movimentar fazendo bullying colocando os brinquedinhos um pouco longe dela. E ela ontem andou um pouquinho pro lado, igual um sirizinho, hihi.

IMG_0165

Vale lembrar que bebês com síndrome de Down demoram normalmente um pouco a mais para atingir as etapas de desenvolvimento. Por isso meu orgulho com toda e qualquer vitória da Alice. Viva a bebê pig! 🙂

Série “Estimular é um barato”: Trabalhando com o papai!

Se meus textos da série “Estimular é um barato” parecem simples demais… fico feliz! Essa é a ideia mesmo: mostrar que para estimularmos nossos filhos não precisamos gastar rios de dinheiro, nem inventar uma atividade mirabolante. Minha dica de hoje é: leve o seu pequeno para visitar o seu trabalho. Vale o serviço da mamãe, o emprego do papai, do tio, da tia. Dê preferência à lugares que permitam visitas e não sejam perigosos para a criança.

foto 3

Corta!

Semana retrasada o Thomas gravou um comercial utilizando o meu homeoffice como locação, e a bebê pig adorou participar do agito. A casa estava cheia de objetos coloridos, aparelhos diferentes e pessoas legais, e a Alice amou ficar ali no meio da confusão. Aliás, tenho notado que minha pequena não somente curte ficar entre várias pessoas, como isso faz bem para ela. Noto isso pois o humor dela melhora, ela fica mais ativa e balbucia muito mais.

E olha a festa da pequena no colo do papai, enquanto ele dirigia o comercial. Não sei quem estava mais feliz, ela ou ele!

Ela também curte visitar o papai no estúdio, sente a cara de sapeca:

work